Pedalando: 10 benefícios para a saúde.

Atualizado: 23 de dez. de 2021

Meio de transporte prático ou a melhor amiga em trilhas alucinantes e que faz muito bem para a sua saúde: sua bicicleta.



Que a bicicleta é um ótimo esporte, seja no asfalto ou nas trilhas, e que é uma ótima ferramenta para socialização já estamos bem acostumados. Mas, os benefícios não param por aí, por isso, nós da Corcovas listamos aqui 10 benefícios para você.


Praticidade e economia. Com o aumento exponencial da frota de veículos automotores nos centros urbanos, está cada vez mais difícil deslocar-se num trânsito cada vez mais caótico, seja a trabalho ou lazer. A solução pode ser melhor do que você imagina, pois, além de economizar boas dezenas de reais mensais, ainda mais com a gasolina beirando assustadores R$ 7,00, você melhora a sua saúde.


A já conhecida amiga dos momentos de lazer, sua bicicleta, pode te ajudar a chegar mais rápido onde precisa e melhorar vários aspectos da sua saúde. Vamos lá:


1) - Emagrece:


Por ser, na maioria dos casos, uma atividade em que tipicamente se utiliza Oxigênio (O²) para a produção de energia, ou seja, atividade aeróbica, andar de bicicleta é um exercício que acelera o seu metabolismo, ou seja, faz com que o seu corpo queime calorias mais rapidamente. O resultado é um menor acúmulo de gordura no organismo e, consequentemente, um corpo mais magro. A silhueta fica mais fina =)


2) - Músculos mais fortes e tonificados:


Como pedalar é uma atividade que exige atividade muscular, o corpo é obrigado a se mover, isso força os músculos, principalmente da região inferior - pernas, e faz com que eles se tornem mais firmes, mais delineados e fortes. O resultado é notório: pernas com menos acúmulo de gordura, mais bonitas, torneadas e bem mais fortes. No verão faz sucesso!


3) - Bem-estar físico e mental:


Durante a prática de exercício físico, o organismo libera vários hormônios e neurotransmissores, entre eles a serotonina, endorfina e dopamina os quais, por sua vez, podem ajudar, inclusive, no tratamento da depressão.


Endorfinados: A endorfina é um hormônio produzido na glândula hipófise e que gera sensação de recompensa e bem-estar no organismo. É produzido em grande quantidade nas atividades físicas e está associada a relaxamento, alívio e contentamento generalizados. Ao ser liberada no corpo, a endorfina aumenta a disposição física e mental do indivíduo e melhora a resistência imunológica. Dores são reduzidas e tarefas árduas conseguem ser realizadas por mais tempo.


Por promover uma explosão de euforia e força de vontade, a endorfina é essencial para a maximização dos efeitos benéficos da atividade física. Justamente por isto, muitas pessoas relatam ser “viciadas” na rotina de treinos por causa desta sensação de prazer e bem-estar constantes. Trata-se de um hormônio produzido naturalmente e sem riscos ao organismo.


4) - Super fôlego:


Quanto mais você pedala, mais exercitará seus pulmões, com isso, seu fôlego aumentará. Mas, não é só isso, você passará a subir escadas mais rápido, caminhar com mais tranquilidade e a fazer suas tarefas cotidianas de forma muito mais fácil. Você poderá até escolher não fazer algo, mas não será mais por falta de fôlego!


5) - Articulações saudáveis:


Como não há impacto direto nas articulações, isso não gera desgaste gradativo, como na corrida, futebol, etc. Muito antes pelo contrário, com a movimentação constante, principalmente do joelho, isso ajuda na irrigação das articulações e consequente leva de nutrientes. Por isso, a bicicleta é muito indicada por ortopedistas em processos de reabilitação dos joelhos e regiões.


6) - Diminui o Colesterol:


Pedalar acelera o metabolismo, pois os músculos, que estarão em pleno funcionamento e aumentarão de tamanho, consequentemente, precisarão de mais nutrientes do que antes para se manterem. Com isso, o corpo tem que "gastar" o alimento que recebe e não apenas "estocar", acumulando gordura como antes. Esse processo ajuda a diminuir o Colesterol "ruim" (LDL) no corpo, e, consequentemente, aumenta o Colesterol "bom" (HDL).

7) - Previne e controla a Diabetes:


Pedalar regularmente ajuda a manter os níveis de açúcar, glicose, no sangue estabilizados.


O trabalho muscular pode consumir glicose mesmo que pouca insulina esteja presente. Os músculos em exercício podem aumentar de 7 a 20 vezes a captação de glicose durante os 30 a 40 minutos iniciais, dependendo da intensidade. Em resumo, a atividade física é uma das principais medidas na prevenção do diabetes e para o controle glicêmico daqueles que já são diabéticos.

8) - Controla a pressão arterial:


Os exercícios físicos de maneira geral auxiliam na eliminação do calor e energia por meio da vasodilatação e suor, fatores essenciais para reduzir os níveis de pressão alta.


Praticando atividades físicas, você contribui com o seu organismo por meio da diminuição da atividade do sistema nervoso simpático, ele é o responsável pelo aumento da frequência cardíaca (FC).


A pratica regular de ciclismo, diminui a frequência cardíaca e, consequentemente, controla a pressão arterial.


Outro ponto muito importe é que as atividades físicas melhoram o endotélio. É uma camada que reveste o interior das artérias, ou seja, os movimentos relaxam os os vasos e facilitam a passagem de sangue. Assim, a queda nos níveis de pressão será notória. Mas, regularidade é a chave do sucesso.


9) - Melhora a coordenação motora e combate a Doença de Parkinson:


O uso da bicicleta como uma atividade física é excelente exercício para o desenvolvimento da coordenação motora de membros inferiores e superiores, além de ajudar no equilíbrio, dificuldade trazida algumas doenças e com o envelhecimento natural.


De acordo com uma equipe de cientistas do Cleveland Clinic Lerner Research Institute, de Ohio,EUA, liderada pelo neurocientista Jay Alberts, andar de bicicleta pode ajudar a aliviar alguns sintomas da doença de Parkinson. Segundo a equipe, o exercício com a bicicleta melhora as ligações entre as regiões do cérebro ligadas à doença, aumentando a coordenação motora e equilíbrio dos pacientes.


10) - O uso da bicicleta ajuda na concentração:


Estudo feito na Dinamarca demostrou que há relação entre o tipo de transporte que leva as crianças ao colégio e a execução de tarefas escolares que exigem concentração.


De acordo com o estudo, crianças que vão a pé ou de bicicleta para a escola têm aumento de concentração. O efeito desse deslocamento durava até quatro horas após o término da pedalada, de acordo com os pesquisadores.


Foram analisadas cerca de 20 mil crianças, entre 5 e 19 anos, comparando as performances, em termos de concentração, entre as que andavam de bicicleta ou caminhavam no caminho para a escola e as que eram levadas pelos pais de carro ou pegavam condução pública.


Quando submetidos aos testes, os alunos que tinham feito exercício físico para chegar a sala de aula obtiveram performance superior. A montagem, por exemplo, de um quebra-cabeça era mais fácil para essas crianças “já ativas” . O objetivo do trabalho era analisar a influência da dieta e de exercícios físicos no nível de concentração.


Gostou? Então aproveite e inclua a bicicleta cada vez mais no seu dia-a-dia, seja em treinos ou para aquele deslocamento até padaria! O segredo é começar.








E qual a sua experiência com a bike? Já pedala ou pretende começar? Nos conte aqui nos comentários!



Para as meninas: confere aqui excelentes dicas para o pedal feminino.

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo